Dez erros comuns na troca de óleo

10 erros comuns para você evitar na troca do óleo!

O óleo é um grande aliado do seu veículo. Lubrifica, previne desgaste como a corrosão e a oxidação do motor. E quando bem lubrificado, você garante que o motor funcione bem e ainda evita prejuízos sérios. Agora, se optar por não dar atenção o suficiente, as consequências da má lubrificação se mostrarão rapidamente e em danos sérios como motor fundido, mau desempenho, aumento significativo no consumo de combustível, entre outros. E você não quer ter esses problemas, né? Então, confira a nossa lista com os 10 erros mais comuns que você não pode cometer ao trocar o óleo!

E vamos à lista:

  1. Completar o óleo: indicamos que se você tem esse costume, pare agora mesmo. Quando você completa o óleo, o produto inserido se mistura ao produto antigo e a consequência é: contaminação. Pois é. Essa prática forma um terceiro produto, que nada mais é que a mistura de óleos diferentes que perderam as características ao serem inseridos no carro. O resultado disso é que o motor do seu veículo perderá eficácia e o desempenho. O correto é sempre trocar o óleo do cárter por completo.
  2. Ao trocar o óleo misturar lubrificantes de marcas diferentes: é muito comum, em situações de pressa ou mesmo de emergência, que essa prática ocorra. Porém, danos sérios podem ocorrer, além de os citados no item acima. Uma má lubrificação, com misturas de bases diferentes, gera prejuízos graves ao motor. Só é possível misturar marcas diferentes caso possuam a mesma viscosidade, grau API e SAE e a mesma base (ou seja, sintético, mineral ou semissintético) – mas, mesmo assim, essa prática não é indicada. Evite.

  3. Dirigir com o lubrificante em nível desregulado: Se você dirigir com o óleo acima do nível, o produto poderá transbordar e vazar para locais indevidos. Caso dirija com o lubrificante abaixo do nível mínimo indicado, as peças sofrerão fricção devido à falta de lubrificação, facilitando o comprometimento dos componentes do motor. E o resultado de um motor não lubrificado aparece no excesso de calor ou mesmo na fundição do motor e/ou também na perda de potência do veículo na hora. Por isso, fique sempre atento(a) ao nível do óleo e sempre o troque no momento certo.
  4. Não fazer a troca do filtro de óleo: o filtro de óleo deve ser trocado junto ao óleo, porque em seu interior ficam acumulados resíduos de produtos antigos que já estão oxidados. Esse acúmulo de resíduos polui o óleo novo e resulta no seu envelhecimento de forma mais rápida, além de levar impurezas ao motor.
  5. Respingar óleo no motor: quando você pinga óleo no motor gera danos sérios. Essa má-prática estraga áreas como câmara de combustão, catalisador e velas. E se um desses componentes forem afetados, pode ter certeza de que você sentirá um aumento de gasto tanto combustível e na manutenção do veículo quanto no seu bolso. Evite dores de cabeça, não pingue óleo no motor.
  6. Higienizar a vareta com estopa: a consequência desse ato é que os resíduos do óleo anterior, deixados pela estopa, contaminarão o lubrificante novo. Por isso indicamos que, quando você for trocar o óleo lubrificante, prefira limpar a vareta com um papel absorvente. Essa prática evitará danos desnecessários ao seu veículo e, de quebra, uma economia ao seu bolso.
  7. Fechar o parafuso bujão de forma inadequada: esse item precisa ser fechado muito bem, caso contrário haverá vazamentos. Por isso, sempre opte por um profissional de sua confiança para realizar a troca do óleo, fechando o bujão adequadamente – nem deixando folgado demais e nem apertado demais.
  8. Não trocar o óleo no prazo certo: se você tem dúvidas quanto a isso, consulte o Manual do Proprietário que a resposta estará lá, e deve ser respeitada. Geralmente, há o prazo de 5 a 10 mil km rodados, porém, sempre se certifique do prazo ideal para o seu veículo. Se você não trocar o óleo no prazo, haverá a formação de resíduos (borras) e, devido ao atrito e desgastes gerados, a capacidade de lubrificação das peças internas do motor será comprometida. Portanto, fique atento(a) ao prazo!
  9. Escolher apenas pelo preço: Aqui temos que pensar bem, porque o clássico ditado já diz: o barato pode sair caro. Existem óleos de diversos preços e qualidade, e não necessariamente é regra de o barato ser ruim, porém, o melhor é sempre optar por marcas que têm eficiência comprovada e que são indicadas por profissionais de sua confiança.
  1. Não dar importância à qualidade do óleo: bom, aqui temos o ponto crucial para você ter o seu veículo funcionando a longo prazo, sem problemas, prejuízos e dores de cabeça. Temos que, uma lubrificação eficiente deixa o seu automóvel apto a rodar e a ter um ótimo desempenho, já a má lubrificação trará inúmeros estragos. E uma lubrificação ineficiente pode ocorrer por meio de uma aplicação errada e até mesmo pela sua escolha na hora da compra. Isso mesmo, a sua escolha pode ser decisiva para o futuro do seu veículo. Você precisa escolher óleos que sigam as especificações da montadora e ter a certeza de que a qualidade do lubrificante é realmente boa e que oferecerá uma maior proteção ao seu automóvel. Certifique-se sempre sobre a procedência dos óleos e dirija com tranquilidade e segurança!

Agora você já sabe o que NÃO fazer na hora de trocar o óleo do seu veículo! E, caso esteja com dúvidas sobre óleos lubrificantes de qualidade, experimente os óleos das marcas próprias da Rede ANCORA: Car+, para Linha Leve, e Truck+, para Linha Pesada.

Os lubrificantes Car+ e Truck+ são desenvolvidos com alta tecnologia e todo o cuidado que o seu veículo merece. Usando esses produtos, sua linha leve, ou linha pesada terá: muito mais potência e alto desempenho de lubrificação; muito mais proteção pelos produtos serem compostos por fórmulas desenvolvidas com características específicas para cada necessidade dos veículos; muito mais tecnologia, pois os produtos são produzidos com tecnologia de ponta e atendem às mais exigentes especificações mundiais; e, claro, os óleos Car+ e Truck+ possuem a qualidade e o cuidado que o seu veículo precisa e merece!

Você pode adquirir os óleos lubrificantes originais Car+ e Truck+ exclusivamente nas Lojas Rede ANCORA. Encontre a loja mais próxima a você e garanta já os seus!

E continue conosco para mais notícias sobre o setor de autopeças!

Rede ANCORA – A Força De Uma Grande Parceria!