As férias estão aí! Confira dicas de revisão de carro para o período!

O ano de 2018 já está se encerrando e as tão aguardadas viagens de férias já estão se aproximando. Mas, ao pensar nessas viagens, é fácil lembrar de uma cena corriqueira nas estradas: um carro parado no acostamento com o capô aberto junto a uma família para que um socorro chegue o mais rápido possível. É uma cena que você certamente já viu, ou até mesmo já vivenciou, não é mesmo? E sabe qual a maior causa para essa cena ocorrer? Isso mesmo, a falta de manutenção do veículo.

Pensando nesses percalços, e querendo que nossos leitores desfrutem das férias com segurança e tranquilidade nas estradas, a Rede ANCORA listou os principais tópicos que você não pode esquecer na revisão de férias do seu carro.  Mas, antes da lista, tenha sempre em mente que a manutenção do seu veículo não deve ser somente realizada em períodos de férias e fim de ano, hein?! Esse é um hábito que você precisa adotar para a vida, para não passar por perrengues nas estradas.

Agora sim, confira nossa lista com as nossas dicas preciosas de manutenção:

  1. Cheque o estado dos pneus:

Os próprios pneus já indicam quando a troca é necessária. Esse aviso surge por meio do TWI (Tread Wear Indicator), que é uma pequena elevação que se encontra entre as ranhuras do pneu e que quando fica exposto, ou entra em contato com o solo, significa que o desgaste da borracha atingiu o seu limite de aderência para o motorista conseguir dirigir com segurança. Portanto, fique sempre atento(a) a esse ponto!

  1. Calibre os pneus com a pressão que o fornecedor do seu veículo indica:

Essa informação vem inclusa no manual do seu carro e, em algumas vezes, também em adesivos que vem na tampa do tanque do combustível ou na coluna da porta. Fique atento(a) também para outro fato: carro com mais peso = necessidade de acrescentar mais libras de pressão nos pneus. O fabricante deve fornecer essa informação. Outro ponto para os motoristas ficarem em alerta é a verificação do estepe.

  1. Confira o prazo de validade dos pneus:

O prazo de validade dos pneus é contado a partir de 5 anos (contando com a data de fabricação). Após esse prazo demarcado, a borracha passa a perder suas características e funções. Para saber quando a troca é necessária, deve-se reparar na lateral do pneu, onde há uma demarcação contendo quatro dígitos. Os dois primeiros algarismos representam a semana e os dois últimos representam o ano no qual o item foi fabricado. Por exemplo: o número 08/18 significa que o pneu foi fabricado na oitava semana do ano de 2018.

  1. Lembre-se de revisar o sistema de arrefecimento

Sabe aquelas viagens onde há muitas subidas de serras, ou aqueles congestionamentos enormes? Então, essas situações acabam por demandar maior necessidade de refrigeração do motor. Por isso é sempre primordial você averiguar o estado das mangueiras e da tampa do reservatório assim que for realizar a revisão do seu veículo antes de viajar.

O ideal é que a troca do líquido seja realizada a cada dois anos. E nunca, jamais, utilize água de torneira. Entenda o porquê neste texto.

  1. Verifique os freios! Você, por conta própria, consegue averiguar como está o nível do fluido do sistema

O reservatório permanece dentro do compartimento do motor. Já o fluido não minimiza conforme utilizado, logo, quando sinaliza estar baixo, é preciso averiguar o sistema, porque a possibilidade de haver algum tipo de vazamento, ou o desgaste acentuado das pastilhas e discos é alto. O fluido de freio capta umidade de forma rápida. Por este motivo, quando solucionado o vazamento, não é aconselhável ser completado, mas sim trocado conforme indicações fornecidas pela fábrica.

  1. Muito importante: confira o nível do óleo

Caso estiver baixo, é preciso ser completado com lubrificante com os mesmos padrões do que você já utiliza. Porém, caso o prazo de troca já esteja por vir, independentemente de ser por quilometragem ou tempo, opte pela substituição.   

  1. Demais itens que devem ter a sua atenção na revisão de férias do seu veículo

A situação da palheta do limpador do para-brisa que pode ficar ressecado. O esguicho do limpador somado a um detergente próprio é indicado para retirar os resíduos que ficam gradando no vidro.

  1. Importante: não se esqueça!

A chave de roda, o macaco e o triângulo ficam no porta-malas. As luzes de ré, de seta e os faróis precisam estar funcionando 100%. E é claro que você jamais deve se esquecer de manter o documento do carro e a sua carteira de habilitação em dia!

Para saber mais informações e dicas a respeito dos setores automotivo e de autopeças, continue nos acompanhando!