CNH Digital – O que é e como fazer?

Nós já sabemos que a era digital veio para ficar e, principalmente, para facilitar as nossas vidas. Para questões de documentação não poderia ser diferente, não é mesmo? Por isso, desde 2018, os motoristas do Brasil podem utilizar a tecnologia ao seu favor, graças à CNH Digital, ou a e-CNH como também é chamada, que pode ser acessada diretamente pelo smartphone, sem a necessidade do documento na versão de papel.

Mas, vem cá, você sabe da existência da CNH Digital? E do CRLV? Sabe quanto custa e o que precisa para retirar? Não?! Então leia na íntegra, porque nós da Rede ANCORA iremos contar para você tudo o que é necessário para você fazer e utilizar a sua CNH Digital!

Primeiramente: CNH Digital – o que é?

A CNH Digital é simplesmente uma versão digital, com a mesma validade, do já conhecido documento físico da CNH. E, nesta versão digital, a praticidade é o carro-chefe porque caso você, por ventura, se esquecer do seu documento, o terá em mãos em seu celular.

E o CRLV?

É o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, o documento de porte obrigatório que permite a circulação do automóvel. E, desde 08 de maio de 2020 passou a ter a emissão virtual, possuindo o mesmo valor jurídico da versão impressa.

E como obter a sua e-CNH e o CRLV Digital?

Todos os motoristas que estão habilitados no país têm direito de acesso à e-CNH Digital. E para você obtê-la precisa possuir a versão atualizada da carteira CNH impressa – vigente desde o dia primeiro de maio de 2017. Caso você ainda não tenha o documento atual, procure o Detran do seu estado e solicite a versão indicada.

A novidade dessa nova versão é que agora há um QR Code em seu verso, necessário e requerido na validação do documento quando você for fazer essa atualização.

Assim que você estiver com a sua CNH atualizada, irá precisar fazer o download via aplicativo de celular. Para isso, vá até a loja de aplicativos do seu smartphone (Android ou iOS) e busque por “Carteira Digital de Trânsito” e baixe tanto a CNH Digital quanto o Certificado de Registro e Licenciatura de Veículo (CRLV).

Após esse processo, você precisará se cadastrar indo ao Detran mais próximo a você. Mas, se você já possuir o certificado digital, você pode acessar diretamente o portal on-line do Detran e realizar o cadastro virtualmente, de forma mais rápida e cômoda. Siga o passo a passo clicando aqui. 

Por que é vantajoso ter a CNH Digital?

Segundo este trecho do Portal de Serviços do Denatran SP, as versões digitais, e-CNH e CRLV, entregam a você maior mobilidade, praticidade e comodidade, porque é:

  • Fácil compartilhamento das informações (exportação para PDF com assinatura digital no padrão da ICP-Brasil com validade legal conforme MP 2.200-2/2007). Isto evita o uso do papel para impressão e do scanner ou câmera para digitalizar cópias. Também dispensa o reconhecimento cartorial da cópia digital;
  • A autenticidade, confiabilidade e integridade são validados facilmente através do aplicativo Vio. Para isso, basta baixar o App Vio (AndroidiOS) e apontar o leitor para o QR Code do documento digital

O Portal ainda destaca as seguintes facilidade em aderir às versões digitais:

  • Compartilhamento do CRLV;
  • Indicar o Principal Condutor e;
  • Possibilidade em gerar o boleto das infrações, com desconto.

E, afinal de contas, é preciso pagar pela e-CNH?

Eis a dúvida cabal. Mas, fique tranquilo(a), porque você não precisará ter custos com nada para ter a sua CNH Digital!

A exceção será somente para quem não tem a última versão da CNH física com o QR code impresso no verso. Neste caso, a cobrança ocorrerá pela necessidade da emissão da segunda via da carteira. Os custos geralmente são diferentes em cada estado, por isso, a nossa recomendação é que você consulte o Detran da sua cidade.

Já para o licenciamento do CRLV Digital, a recomendação de exemplo que damos é a do Denatran de SP, que recomenda o seguinte:

“Após o pagamento da taxa de licenciamento no sistema bancário, estará disponível o download e a impressão do CRLV diretamente no portal do Detran.SP, no aplicativo “CDT – Carteira Digital de Trânsito” do governo federal e ainda no portal de serviços do Denatran.

Como fazer:

  • Pague a taxa na rede bancária conveniada.
  • Verifique aquise o seu pagamento já foi registrado.
  • Faça o download e a impressão do documento pelo próprio site, pelo aplicativo “CDT – Carteira Digital de Trânsito” ou então pelo Portal do Denatran.” Leia essa informação aqui.

Dicas espertas para você não esquecer!

Os benefícios são muitos, porém, você deve se atentar a alguns cuidados. Como, por exemplo, se certificar de que o smartphone esteja sempre carregado, principalmente se não possuir o documento físico no momento.

Porque, caso haja alguma abordagem pontual e você não tiver meios de exibir o documento tanto físico quanto digital, será considerada uma infração leve (artigo 232 do Código de Trânsito Brasileiro), de três pontos na carteira, multa de R$ 88,38 e a apreensão do veículo até que um documento do proprietário ou de outro condutor habilitado seja apresentado.

Agora, se você for o titular da CNH e perder ou roubarem seu smartphone em que o documento esteja registrado, bloqueie-o para que outra pessoa seja impedida de utilizar. E se você não possuir o Cerificado Digital, deverá ir ao Detran mais próximo para que o bloqueio seja efetuado.

Com essas informações você poderá utilizar tranquilamente a sua CNH Digital!

Curtiu o conteúdo? Então deixe seu comentário e o compartilhe com os seus amigos em suas redes sociais!

Rede ANCORA – A Força de Uma Grande Parceria!