Combustível adulterado: conheça os riscos para o seu veículo!

O que você mais considera quando precisa abastecer o seu veículo? A recomendação de amigos? Atendimento e serviço? Preço? O nome do posto? É bem capaz que mais de uma dessas opções sejam decisivas para a sua escolha. Mas, e sobre a qualidade do combustível que você escolhe, você já parou para pensar bem nisso?  E, vem cá, você sabe como identificar se o combustível é realmente de boa procedência ou não?

Pois, foi pensando nessas questões que nós da Rede ANCORA separamos dicas valiosas sobre os principais pontos para você saber identificar se o combustível que escolhe tem qualidade boa ou não. Se interessou? Então acompanhe na íntegra!

Primeiramente, um combustível é definido como ‘sem qualidade’ quando não atende às especificações exigidas pela ANP (Agência Nacional do Petróleo). A adulteração de combustíveis no Brasil, como gasolina, diesel e etanol, tem as seguintes características: a combinação de etanol, além dos 27% exigidos pela lei, ou a inserção de solventes e metanol na composição do produto.

Porém, é importante ressaltar que não é somente a alteração na composição um sinônimo sobre combustível sem qualidade. Especialistas afirmam que as más condições de armazenamento e manuseio fazem com que o combustível perca a especificação adequada para o seu bom desempenho. A APN estabelece que não há prazo de validade para os combustíveis, entretanto há a afirmação de que a durabilidade do combustível tem relação direta com as condições de armazenamento, que devem estar em temperatura e pressão brandas e com ausência de luz. E para o diesel, a APN recomenda evitar a abundância de água, para que a oxidação e o surgimento de micro-organismos não ocorram na composição.

Mas o combustível adulterado realmente estraga o meu veículo?

Adiantamos que sim, e os estragos são grandes. Damos aqui as provas, veja só!

Combustíveis de má procedência causam os seguintes prejuízos ao seu veículo: contaminação do óleo lubrificante, formação de depósitos no motor, aumento das emissões e consumo, estrago no sistema do catalisador, entupimento dos bicos injetores e carbonização das velas.

Além dos problemas técnicos, o uso de combustíveis não confiáveis também traz danos à saúde, como pele e olhos irritados entre outros casos mais graves. Então atenção aqui, pense bem e não vá pelo duvidoso!

E sobre o Metanol? Quais são os riscos?

A mistura do metanol com etanol ou com a gasolina é configurada como uma das adulterações mais graves e perigosas. E, além do mais, usar o metanol como combustível no Brasil é uma prática proibida por lei, uma vez que tem um alto teor tóxico. O metanol é definido como um insumo, ao invés de combustível.

As consequências do uso ilegal do metanol podem ser muito graves, como, por exemplo, problemas renais, cegueira, problemas hepáticos e pode até mesmo levar uma pessoa a óbito. É importante frisar que a intoxicação pelo metanol pode acontecer por via nasal, oral ou por absorção cutânea. Ele gera um efeito acumulativo no corpo, sendo assim absorvido em maiores quantidades e com eliminação lenta e tardia, o que vai agravando a situação.

Mas, e agora? Como evitar a compra de combustíveis adulterados e comprar apenas os de confiança?

Aqui damos algumas dicas de como você pode proceder:

  1. Indicamos que você frequente apenas postos de renome e conhecidos. Desconfie de marcas desconhecidas.
  2. Cuidado com a ilusão do preço baixo demais, sempre desconfie! Se o preço estiver muito abaixo das demais marcas reconhecidas no mercado, evite.
  3. No momento que for abastecer, sempre peça a nota fiscal. Porque, com ela, você conseguirá justificar de onde veio o combustível se precisar. E, caso houver casos comprometedores de irregularidades, você terá a prova em mãos. Fique esperto(a)!
  4. Mas, percebeu somente depois que algo em seu veículo está estranho e desconfia que ele foi abastecido com combustível adulterado? Calma, você tem onde recorrer. Se isso acontecer, você pode entrar em contato diretamente com algum Procon estadual e até mesmo com a ANP (Agência Nacional do Petróleo), neste segundo caso, clique aqui!

A questão sobre combustível adulterado precisa ficar sempre no nosso radar, uma vez que envolve questões tanto sobre o funcionamento adequado dos veículos quanto saúde e poluição. Então, vamos nos precaver e escolher sempre as opções mais seguras e viáveis.

E, para além do combustível, se você precisar de peças automotivas originais de fábrica, com nota fiscal e com a qualidade que o seu veículo merece, as nossas lojas estarão prontas para lhe atender! Encontre a Loja Rede ANCORA mais próxima a você, clicando aqui!

Curtiu o texto? Então deixe seu comentário abaixo, compartilhe-o em suas redes sociais com seus amigos e continue nos acompanhando para mais notícias sobre o setor!

Rede ANCORA – A Força de Uma Grande Parceria!