Os maiores mitos e verdades sobre Lubrificantes Automotivos

Como explicamos no nosso texto anterior, o Lubrificante automotivo é essencial para o bom funcionamento do seu veículo, e de sua vida útil. Caso você não tenha o hábito de lubrificar o seu veículo nos prazos adequados, e recomendados pelos manuais dos fabricantes, você terá prejuízos, que podem causar grandes dores de cabeça. E não é isso que você busca, não é mesmo? Então, se mantenha esperto(a) com esses prazos!

E, justamente por ser um tema de relevância para os carros, muitos mitos são criados sobre os lubrificantes. E, pensando também nesta questão, nós da Rede ANCORA resolvemos levantar quais são os maiores mitos, para você não cair em roubadas, e também as maiores verdades para que você continue usando adequadamente esse produto tão necessário e importante ao seu veículo. Continue conosco e leia na íntegra!

E, para te alertar e te deixar bem atualizado(a), vamos primeiro com os MITOS:

  1. Quando o óleo escurece, é preciso trocar? É sinal de estrago?

Será? Está queimado? As propriedades foram perdidas?

Não necessariamente. Especialistas afirmam que é algo comum. As causas para que essa transformação ocorra se deve as altas temperaturas e a combustão que ocorre no interior no motor. A maior indicação para troca é a montadora do seu veículo que fornece, então, fique sempre atento(a) com os prazos e a quilometragem recomendadas.

  1. É correto verificar aderência do óleo manualmente?

A resposta é: NÃO. Eis aqui um mito muito comum. Quem nunca viu o frentista analisando a aderência do óleo lubrificante despejando uma pequena quantidade nos dedos? Porém, na verdade essa forma não está correta, uma vez que essa análise precisa ser feita por meio de aparelhos adequados para tal finalidade. Sabe o que pode te ajudar muito a evitar essa análise duvidosa? Você ficar sempre atento(a) aos prazos do manual e a todas as recomendações cedidas pela montadora. Esta é a grande dica de ouro!

 

  1. É recomendado usar óleo mais grosso para veículos muito rodados?

Como explicado anteriormente, é preciso seguir as recomendações de trocas cedidas pelo manual da sua fornecedora. O uso de óleos lubrificantes grossos pode corromper partes fundamentais do veículo, porque ele força partículas que aceleram o desgaste da sua máquina. Então já sabe, né? Fuja dessa ‘alternativa’.

  1. É ruim quando o lubrificante automotivo necessita ser completado anteriormente ao prazo de troca?

Se o óleo diminuir antes do tempo especificado, fique esperto(a), pois não é algo comum. Leve o seu veículo à uma oficina de confiança caso o motor do seu veículo estiver consumindo o óleo. Não é recomendado em hipótese alguma você completar o óleo sozinho(a), porque quando ocorre a mistura de lubrificantes o estrago pode ser grande…muitas vezes a falta de óleo é menos prejudicial do que a mistura de lubrificantes diferentes. Então, não caia nessa, prefira SEMPRE um especialista de sua confiança, que a sua máquina estará em ótimas mãos.

Agora, a parte boa! Que tal reforçarmos quais são as VERDADES sobre Lubrificantes Automotivos?

  1. Eu devo sempre e somente usar o modelo de óleo que o fabricante do meu veículo recomendar?

A resposta é: SIM. E é por meio dessa recomendação que você saberá sobre a viscosidade e API/ACEA do óleo lubrificante. Para saber qual a viscosidade, você pode verificar na própria embalagem do produto. Geralmente aparecem essas categorias: 5w30, 10w40, 20w50, 15w40, etc. O API/ACEA é outro tipo de informação que você não pode deixar passar batida, porque se refere ao desempenho do produto. É sempre importante escolher uma marca de Lubrificante que não irá estragar o seu veículo. E, neste texto explicamos qual a importância e como escolher adequadamente.

 

  1. É verdade que o motor deve estar frio quando eu for verificar o nível do óleo e quente quando eu for pedir para trocar?

A resposta é: SIM. A recomendação é que você aguarde, no mínimo 10 minuto depois que parar o veículo, para que o lubrificante volte para o Carter. Assim, a leitura será precisa em relação ao volume. É importa você aguardar esse tempo.

Já para a troca, o motor precisa estar quente, porque assim o óleo fluirá de forma mais fácil e o lubrificante, dessa forma, limpará o motor, carregando a sua sujeira. Esse processo faz com que a troca seja mais rápida e assertiva. Mas lembre-se de uma coisa: o nível certo do óleo é ENTRE o máximo e o mínimo da vareta, logo, o nível NÃO deve estar próximo a nenhuma das extremidades da vareta. Atenção para esse detalhe.

 

  1. E sobre sustentabilidade e meio ambiente? As fabricantes de lubrificantes devem respeitar condutas regulatórias?

A resposta é: SIM. Toda fabricante de lubrificantes tem que seguir as especificações da ANP (Agência Nacional de Petróleo) que é a instituição que regula a produção dos produtos, assim como os níveis de desempenho, qualidade dos óleos básicos dentre outras medidas relacionadas à proteção do meio ambiente.

 

  1. Qual é melhor: óleo sintético ou semissintético?

A resposta é: DEPENDE do modelo do seu veículo. O produto deve atender às exigências do fabricante, levando em consideração os atributos técnicos específicos. A maioria dos modelos atuais de motores utiliza lubrificantes semissintético e seu funcionamento pode ser corrompido caso receber outra modalidade de óleo. Portanto, não é por meio do ‘achismo’, é necessário saber qual o modelo que o seu veículo aceita, para que não seja prejudicado. Tenha sempre atenção com esse aspecto.

  1. E quando o assunto é qualidade? Como devo escolher?

Em 2020, a Rede ANCORA lançou uma linha de Lubrificantes Automotivos das suas marcas próprias Car+ e Truck+, para as linhas leve e pesada, respectivamente. São produtos de qualidade, que atendem às maiores exigências dos órgãos de regulamentação assim como as exigências dos clientes.

Agora, saiba um pouco mais sobre quais benefícios os produtos oferecem à sua máquina:

  • LUBRIFICANTES DE MOTOR CAR+

Lubrificantes sintéticos e semissintéticos multiviscosos de alta tecnologia, com uma excepcional proteção em baixas e altas temperaturas. Oferecem máxima proteção e melhor performance, mantendo o seu motor protegido desde o momento da partida. Possui uma excelente estabilidade à oxidação e corrosões das partes lubrificadas, além de garantir uma película lubrificante mais estável em variações térmicas garantindo a perfeita lubrificação do motor por muito mais tempo.

 

  • LUBRIFICANTES DE MOTOR TRUCK+

Lubrificante mineral multiviscoso, formulado para atender às especificações de motores ciclo-diesel de última geração, turbo alimentados ou aspirados de alta potência, em serviços severos. A avançada aditivação garante redução do consumo de lubrificante e combustível, melhor partida a frio, maior proteção das partes móveis do motor, melhor manutenção de limpeza do motor e espelhamento de cilindros controlados. Os produtos são disponíveis em embalagens de 1L e 20L.

Você encontra os lubrificantes Car+ e Truck+ nessas versões:

  • Lubrificante Sintético 5w-30 Car+
  • Lubrificante Semissintético 15w-40 Car+
  • Lubrificante Semissintético 10w-40 Car+
  • Lubrificante Turbo Diesel 15w-40 Truck+

Todos os produtos entregam:

  • Muito mais potência: com alto desempenho e poder de lubrificação;
  • Muito mais proteção: com formulações desenvolvidas com características específicas para cada necessidade;
  • Muito mais tecnologia: produtos produzidos com tecnologia de ponta;

Muito mais desempenho: atendendo às mais exigentes especificações mundiais!

A qualidade e o cuidado que o seu veículo precisa e merece!

E você sabe onde encontrar os Lubrificantes Car+ e Truck+? É exclusivamente na franquia Rede ANCORA mais próxima a você! Clique aqui e cuide do seu veículo com o que há de melhor no mercado!

Continue nos acompanhando em nosso site e redes sociais!

Rede ANCORA – A Força de Uma Grande Parceria!