Saiba como identificar problemas no Motor pela cor da fumaça

Você sabia que cada cor de fumaça que sai pelo escapamento do motor do seu veículo pode indicar um problema diferente? Há alguns que, de cara, podemos citar, como: falta de potência, falta de força, falhas na marcha entre outros.

O ideal, é que a fumaça seja incolor, porque é a indicação de que o motor está funcionando em condições normais. Mas, você notou uma fumaça suspeita? Pois, não se preocupe! Nós explicamos a você como identificar problemas no motor pela tonalidade da cor da fumaça que ele solta. Leia na íntegra!

  • Fumaça Preta:

Sinal de que pode haver problemas no sistema de injeção ou no carburador do seu veículo. O que ocorre é um desequilíbrio na estequiométrica do ar com o combustível, causado pela ingestão demasiada de combustível pelo sistema. Ou seja, o combustível passa a ser parcialmente queimado.

E as consequências disso não são nada boas! Porque, com as partículas de carbono não sendo queimadas e filtradas pelo escapamento, há um aumento significativo do consumo de combustível, sendo muito prejudicial à saúde e gera o aumento de emissões de gás carbônico no meio ambiente, ou seja, o prejuízo é para todos, por isso, tenha muita atenção!

  • Fumaça Azul:

Fumaça azul saindo pelo sistema de escape? Hm, mau sinal!

Temos que o funcionamento do motor se dá com: água, combustível e o óleo lubrificante, e quando o escapamento expele fumaça de tom azul é o sinal de que o isolamento do óleo lubrificante junto à câmera de combustão apresentou problema – e isso gera a queima do óleo de câmera de combustão do motor com o combustível. E o desgaste dos anéis de segmento e dos retentores da válvula do motor podem estar diretamente relacionados com a causa desse empecilho.

Já, para carros turbinados, a fumaça azulada pode sinalizar folga do eixo da turbina, fazendo com que o óleo acabe circulando para dentro da câmera de combustão.

As consequências disso podem ser o surgimento de sujeira nas velas e o impedimento da queima de combustível de forma adequada.

E, se você não procurar resolver essa questão em tempo, problemas de lubrificação no motor ocorrerão, porque o nível do óleo costuma baixar muito nessas condições. Portanto, evite prejuízos, fique atento(a)!

  • Fumaça Branca:

É normal a fumaça branca surgir quando há o abastecimento com álcool, pois nada mais é do que o vapor. Mas, o empecilho se, após o motor chegar à sua temperatura ideal, a fumaça permanecer.

E se a fumaça branca do seu veículo está permanecendo mais que o normal, isso pode significar dois problemas: álcool adulterado ou algo pior, que é a queima da junta do cabeçote – o que permite a entrada de água para dentro da câmera de combustão.

Se isso correr, tenha atenção ao reservatório de expansão da água, porque, se ele passar a soltar bolhas em suas acelerações ou mesmo se a água começar a baixar demasiadamente rápido, provavelmente é um problema de junta de cabeçote ou mesmo trincas no bloco.

E se o seu veículo for turboalimentado, e a turbina tiver sistema de refrigeração por água, é um indício de problemas com a turbina. Fique esperto(a)!

Outro problema que pode causar o aparecimento da fumaça branca, mas que é raro, é relacionado com fluido. Quando há a ruptura no sistema e o fluido de freio passa a entrar por meio do coletor de admissão.

Agora que você já sabe os perigos que cada tom de fumaça pode apresentar, tenha atenção e resolva um eventual problema no início e evite dores de cabeça e demais prejuízos!

Curtiu o texto? Então o compartilhe com seus amigos em suas redes sociais!

E, você já sabe, quando precisar de peças originais de fábrica para o seu veículo, vá à uma Loja Rede ANCORA. Clique aqui e encontre a loja mais próxima a você!

Rede ANCORA – A Força de Uma Grande Parceria!