Setembro Amarelo – Entenda sobre e apoie a causa

O mês de setembro há alguns anos traz consigo uma temática importante: o alerta para a questão do suicídio e suas formas de prevenção. E, como essa temática não é isolada, e pode estar mais próxima do que imaginamos, temos que nos atentar tanto para nós mesmos quanto às pessoas que estão próximas e fazem parte do nosso convívio. E a Rede ANCORA, que apoia esta causa, recomenda: esteja sempre atento à sua saúde mental e à das pessoas próximas a você, não somente em setembro, mas durante todo o ano.

Leia abaixo mais sobre a Campanha do Setembro Amarelo:

Em primeiro lugar:  que é o Setembro Amarelo?

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio organizada pelo CVV  – Centro de Valorização da Vida, pela ABP – Associação Brasileira de Psiquiatria em parceria com o CFM – Conselho Federal de Medicina, e tem como objetivo direto alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. Ocorre, por meio de identificação de locais públicos e particulares à cor amarela e ampla divulgação de informações.

Por que o mês de Setembro?

O movimento acontece durante todo o mês de setembro, desde 2014, em todo o mundo. Há uma atenção especial no dia 10 de setembro, pois é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

​A questão do suicídio no Brasil e no mundo

No ano de 2019, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) a taxa de suicídios a cada 100 mil habitantes havia aumentado 7% no Brasil, em contraponto ao índice mundial, que havia caído 9,8% (dados de 2019).

Atenção para os dados sobre suicídio no Brasil e no mundo

Também em 2019, o suicídio foi a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, logo após os acidentes de carro. Entre os adolescentes de 15 a 19 anos, o suicídio foi a segunda principal causa de óbito entre meninas (após condições maternas) e a terceira principal causa em meninos (após lesões na estrada e violência interpessoal).

Mesmo que o índice mundial tenha apresentado queda, no ano passado, os números ainda são preocupantes, pois, cerca de 800 mil pessoas acabam com suas vidas todos os anos no mundo, o que equivale a uma morte a cada 40 segundos.

Outro dado a ser considerado é que a região das Américas foi a única a apresentar crescimento da taxa global de suicídios, com elevação de 6% na comparação com o ano de 2010. As informações revelam também que, cerca de 80% dos casos ocorrem em países de baixa e média renda, como o Brasil.

Todos esses índices revelam o quão importante são as campanhas como a do Setembro Amarelo, que abordam diretamente o tema, para que pessoas com tendência ao suicídio possam pedir ajuda e encontrar um tratamento adequado.

E o que podemos ressaltar é que você tenha atenção ao modo como se sente, principalmente neste ano de 2020 que está sendo um ano turbulento para todos nós. Tenha atenção com as pessoas do seu convívio também, porque ouvir, não julgar e estar ao lado de pessoas que precisam também faz uma grande diferença.

Ao menor sintoma, fale, procure alguém de sua confiança e converse sobre o que está sentindo. O Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob sigilo total.

Você pode procurar apoio do CVV em: www.cvv.org.br; discar: 188 ou acessar: www.setembroamarelo.org.br

Lembre-se: falar e ouvir são sempre medidas poderosas para combater essa doença tão silenciosa.

Peça ajuda ou ofereça ajuda a quem precisa. Esta é uma campanha que deve ser seguida durante todo o ano e por todos nós.

Setembro Amarelo – a Rede ANCORA apoia esta causa! 💛