Viagem de férias em 2020: Saiba como fazer a manutenção preventiva e viajar com segurança!

O ano de 2020 já está marcado na história como um dos mais desafiadores de todos os tempos. Por conta da pandemia da COVID-19, tivemos que aprender a nos adaptar, nos cuidar e cuidar dos demais com atenção redobrada. E se você vai viajar de carro neste fim de ano de pandemia, saiba que não será diferente. Você vai precisar tomar muito cuidado. E, antes de viajar, também precisa cuidar bem do seu carro com a manutenção preventiva.

E foi pensando nesses percalços, e querendo que todos os nossos leitores desfrutem das férias com segurança e tranquilidade nas estradas, a Rede ANCORA listou os principais tópicos que você não pode esquecer para a sua segurança e para a manutenção preventiva do seu carro. Mas, antes da lista, tenha sempre em mente que a manutenção do seu veículo não deve ser somente realizada em períodos de férias e fim de ano, hein?! Esse é um hábito que você precisa adotar para a vida, para não passar por perrengues nas estradas.

Agora sim, confira nossa lista com 11 dicas preciosas de segurança e de manutenção:

  1. Primeiramente a saúde e a segurança!

Todos sabemos que estamos em tempos atípicos de pandemia, portanto, a prevenção nesta realidade será mais que necessária. Por isso, a OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que você, antes de viajar, analise esses pontos:

  • Você faz parte do grupo de risco e, portanto, possui mais probabilidade de desenvolver a manifestação mais grave da COVID-19?
  • Reside com pessoas que fazem parte deste grupo?
  • Como está a situação do local para onde está indo? O destino possui restrições para visitantes?
  • Por acaso você notou que ultimamente apresentou algum sintoma relacionado à COVID-19?
  • Teve contato com algum infectado pela doença, ou alguém com suspeita de contaminação?

Caso as suas respostas para essas perguntas sejam negativas, e você decidir viajar, a recomendação é que, antes da viagem, você e quem mais for viajar façam a testagem para saber se têm ou não COVID-19, porque, como sabemos, há pessoas que são assintomáticas e não desenvolvem sintomas.

E não se esqueça: para se prevenir de forma correta, prevenir às demais pessoas que viajarão com você e quem os receberá em seu destino, leve: máscaras reservas para você e para todos que forem viajar, álcool gel 70%.  Nas paradas, lave sempre bem as mãos, quando possível, ou utilize o álcool gel. Evite sempre colocar as mãos no rosto ou tocar outras pessoas e mantenha o distanciamento recomendado. É sempre melhor se prevenir, cuidando de si e dos demais, não é mesmo?

Lembre-se sempre: uma viagem com segurança para todos sempre trará ótimas lembranças. Não corra riscos e nem coloque terceiros em risco.

  1. Higienização do veículo:

O recomendado é que, neste período atípico, você sempre higienize o seu carro com álcool 70% e demais produtos de limpeza. E, antes mesmo de levar o veículo para a manutenção, também precisa higienizá-lo. Depois que o carro retornar da manutenção, para que você possa viajar tranquilamente e com segurança, faça àquela limpeza e higienização espertas novamente.

Mas, eis a questão: você sabe quais pontos específicos do veículo limpar e onde pode e onde não pode usar álcool 70%? Pois a gente sanou essas dúvidas! Clique neste título aqui: Higienização: mantenha o seu veículo sempre limpo, principalmente o interior!” e saiba quais são as melhores formas de higienizar o seu veículo!

3. Cheque o estado dos pneus:

Os próprios pneus já indicam quando a troca é necessária. Esse aviso surge por meio do TWI (Tread Wear Indicator), que é uma pequena elevação que se encontra entre as ranhuras do pneu e que quando fica exposto, ou entra em contato com o solo, significa que o desgaste da borracha atingiu o seu limite de aderência para o motorista conseguir dirigir com segurança. Portanto, fique sempre atento(a) a esse ponto!

  1. Calibre os pneus com a pressão que o fornecedor do seu veículo indica:

Essa informação vem inclusa no Manual do seu carro e, em algumas vezes, também em adesivos que vêm na tampa do tanque do combustível, ou na coluna da porta. Fique atento(a) também para outro fator: quando o carro possui mais peso há a necessidade de acrescentar mais libras de pressão nos pneus. O fabricante deve fornecer essa informação. E não se esqueça de ficar alerta com a verificação do estepe.

  1. Confira o prazo de validade dos pneus:

O prazo de validade dos pneus é contado a partir de 5 anos (contando com a data de fabricação). Após esse prazo demarcado, a borracha passa a perder suas características e funções. Para saber quando a troca é necessária, deve-se reparar na lateral do pneu, onde há uma demarcação contendo quatro dígitos. Os dois primeiros algarismos representam a semana e os dois últimos representam o ano no qual o item foi fabricado. Por exemplo: o número 08/18 significa que o pneu foi fabricado na oitava semana do ano de 2018.

  1. Lembre-se de revisar o sistema de arrefecimento!

Sabe àquelas viagens onde há muitas subidas de serras, ou àqueles congestionamentos enormes? Então, essas situações acabam por demandar maior necessidade de refrigeração do motor. Por isso é sempre primordial você averiguar o estado das mangueiras e da tampa do reservatório assim que for realizar a manutenção do seu veículo antes de viajar.

O ideal é que a troca do líquido seja realizada a cada dois anos. E nunca, jamais, utilize água de torneira. Entenda o porquê neste texto.

  1. Verifique os freios! Você, por conta própria, consegue averiguar como está o nível do fluido do sistema:

O reservatório permanece dentro do compartimento do motor. Já o fluido não minimiza conforme utilizado, logo, quando sinaliza estar baixo, é preciso averiguar o sistema, porque a possibilidade de haver algum tipo de vazamento, ou desgaste acentuado das pastilhas e discos é alto. O fluido de freio capta umidade de forma rápida. Por este motivo, quando solucionado o vazamento, não é aconselhável ser completado, mas sim trocado conforme indicações fornecidas pela fábrica.

  1. Muito importante: confira o nível do óleo!

Caso estiver baixo, é preciso ser completado com lubrificante atendendo aos mesmos padrões do que você já utiliza. Porém, caso o prazo de troca já esteja por vir, independentemente de ser por quilometragem ou tempo, opte pela substituição.

  1. Lembre-se também do limpador de para-brisa:

A situação da palheta do limpador do para-brisa que pode ficar ressecado. O esguicho do limpador somado a um detergente próprio é indicado para retirar os resíduos que ficam gradando no vidro.

  1. Importante: não se esqueça!

A chave de roda, o macaco e o triângulo ficam no porta-malas. As luzes de ré, de seta e os faróis precisam estar funcionando 100%. E é claro que você jamais deve se esquecer de manter o documento do carro e a sua carteira de habilitação em dia, atenção para esses pontos!

  1. Precisa de peças? Então temos a solução: as Lojas Rede ANCORA!

E, durante a manutenção, se precisar trocar alguma peça opte pela marca que oferece somente peças originais de fábrica, opte pela Rede ANCORA! As nossas lojas estão prontas para lhe atender. Estamos presentes em 14 estados, mais o Distrito Federal, e as nossas lojas estão abertas e seguindo as recomendações de segurança da OMS para prestar o melhor atendimento aos clientes. Então, já sabe: precisou de peças, vai de Rede ANCORA! Clique aqui encontre a loja mais próxima a você.

Gostou das nossas dicas? Então deixe seu comentário abaixo, compartilhe com os seus amigos e continue nos acompanhando para mais atualizações sobre o setor!

Rede ANCORA – A Força de Uma Grande Parceria!